Programa federal de financiamento estudantil

O FIES é um programa federal de financiamento estudantil e muitas pessoas estão querendo saber se o FIES 2021 vale a pena. Ao mesmo tempo que o programa incentiva os estudos, faz com que o formando já comece sua vida profissional com uma dívida. Afinal, será que o FIES 2021 vale a pena?

O Fies 2021 Vale a Pena?

Estudar é o sonho de muita gente. Não há como negar que a inscrição FIES viabiliza esse sonho para muitas pessoas que desejam cursar o ensino superior em uma instituição privada, mas não possuem dinheiro suficiente para arcar com as mensalidades.

Através de uma proposta simples de financiamento, o FIES cobra uma taxa de juros de cerca de 6,5% ao ano e paga pelos estudos do financiado até que ele se forme. Depois, no entanto, ele deve devolver todo o dinheiro para o governo pagando todos os juros devidos.

O FIES 2021 vale a pena para algumas pessoas, mas para outras, não.

De um modo geral, é uma boa ideia apostar no FIES 2021 quando você se encontra em uma das seguintes situações:

  • Você não pode cursar o curso desejado em uma universidade pública porque não obteve a pontuação mínima no ENEM para concorrer a uma bolsa pelo SISU;
  • O vestibular da universidade pública que oferece o seu curso é muito concorrido ou a instituição de ensino fica a uma distância muito grande de você;
  • Seu curso não está disponível em nenhuma universidade privada;
  • Você possui ou pretende fazer investimentos financeiros nos próximos anos que poderão garantir boa parte do pagamento do financiamento;
  • O curso escolhido possui uma empregabilidade e um salário muito altos, garantindo que você tenha uma excelente renda após se formar e possa pagar o financiamento sem comprometer muito seus ganhos.

Abaixo, nós listamos os maiores prós e contras desse tipo de financiamento para que você possa analisar e tomar a melhor decisão. No final, quem poderá dizer se o FIES 2021 vale a pena será você mesmo, de acordo com sua realidade e suas expectativas.

Conheça os maiores prós e contras do Financiamento!

Prós

O FIES cobra uma taxa de juros de, aproximadamente, 6,5% ao ano. Essa é a menor taxa de juros dentre todos os financiamentos estudantis disponíveis no mercado;

Existe um prazo de carência de até 18 meses após a conclusão do curso, o que significa que você poderá pagar o financiamento até 1 ano e meio depois de se formar.

Contras

Embora os juros sejam baixos, juros são sempre juros. Se não houver um bom planejamento financeiro, o estudante recém-formado pode encontrar dificuldades para pagar o financiamento;

Ao optar por um financiamento estudantil, o formando já inicia sua carreira com uma dívida bem “salgada”. Um curso com duração de 5 anos e mensalidade de R$ 600,00, por exemplo, vai custar mais de R$ 42 mil para quem contratou o financiamento.

Depois de analisar essas informações, fica mais fácil saber se o FIES 2021 vale a pena. Não se esqueça de analisar suas condições financeiras e lembre-se que comprometer-se com uma dívida por um longo período exige planejamento e determinação.

Boa sorte e bons estudos!

Deixe uma resposta